Dicas sobre câncer de mama: o que é câncer, sintomas, tratamentos…

Recentemente, a campanha de apoio à ONG Susan G. Komen pode ser vista no Facebook. Muitas pessoas utilizaram a foto de perfil temporária, com a frase em inglês “I love mom”, para homenagear as suas mães, no dia das mães (último dia 8). Porém, poucas pessoas sabiam que a foto temporária fazia parte de uma campanha de engajamento e conscientização para a causa do câncer de mama. A ONG mencionada, apoia projetos para capacitar pessoas, garantir cuidados de qualidade para todos e investir em ciência para encontrar a cura do câncer de mama.

Por este motivo, resolvi estudar um pouquinho este assunto tão importante para nós mulheres, e compartilhar algumas dicas importantes com vocês.

cancer de mama sintomas e tratamento

O que é câncer?

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), câncer é um grupo de doenças que se caracteriza pela perda do controle da divisão celular e pela capacidade de invadir outras estruturas orgânicas. Simplificando, o câncer se caracteriza por um crescimento rápido e desordenado de células, que adquirem a capacidade de se multiplicar. Essas células tendem a ser muito agressivas e incontroláveis, determinando a formação de tumores malignos (câncer), que podem espalhar-se para outras regiões do corpo.

O câncer de mama, como o próprio nome diz, afeta as mamas, que são glândulas formadas por lobos, que se dividem em estruturas menores chamadas lóbulos e ductos mamários. É o tumor maligno mais comum em mulheres e o que mais leva as brasileiras à morte, segundo o Inca.

tudo sobre cancer de mama

Quais as causas do câncer de mama?

O câncer de mama não tem uma causa única. Seu desenvolvimento é resultado de uma série de fatores de risco, alguns deles modificáveis, outros não. No site do Inca, descobri que pode ser causado por fatores externos (substâncias químicas, irradiações, vírus) ou por fatores internos (hormônios, condições imunológicas, mutação genética). Esses fatores podem agir em conjunto ou em sequência.

Alguns fatores de risco:

  • histórico familiar;
  • idade (mulheres acima dos 40 anos estão mais propensas a desenvolver o tumor);
  • menstruação precoce;
  • menopausa tardia;
  • reposição hormonal;
  • colesterol alto;
  • obesidade;
  • ausência de gravidez (a amamentação é uma forma de prevenir o câncer de mama);
  • lesões na mama.

Sintomas do câncer de mama

  • Vermelhidão na pele;
  • alterações no formato ou tamanho dos mamilos e das mamas;
  • nódulos na axila;
  • secreção escura saindo pelo mamilo;
  • pele enrugada, como uma casca de laranja;
  • em estágios avançados, a mama pode abrir uma ferida.

O nódulo quando atinge cerca de 1cm, pode ser perceptível ao toque, daí a importância dada ao autoexame. Toda mulher deveria fazer o autoexame mensalmente. Outra forma de descobrir um nódulo é através da mamografia, exame padrão de diagnóstico, capaz de descobrir um possível tumor em fase inicial. A recomendação da maioria dos médicos é que as mulheres depois dos 40 anos devem fazer a mamografia anualmente.

cancer de mama sintomas e tratamento autoexame

Tratamento para o câncer de mama

Hoje, muitos tipos de câncer tem cura, desde que descobertos e tratados em estágio inicial. Por isso, um diagnóstico precoce é tão importante.
Um câncer de mama poderá ser tratado de forma local, através de cirurgia e radioterapia ou de forma sistêmica, onde o medicamento circulará por todo o organismo, inclusive onde o tumor se encontra, através de quimioterapia, hormonioterapia ou terapia alvo.

Como prevenir o câncer de mama?

O desenvolvimento deste tipo de câncer pode ser prevenido através de exercícios físicos, amamentação, dieta balanceada, controle de peso, evitando a ingestão de bebidas alcoólicas, trabalhando de forma inteligente com o stress do dia a dia (meditação, ioga, etc) e também mantendo os exames em dia.

Acredito que os principais tópicos do assunto foram trabalhados, claro, que de forma bem ampla, para não me estender muito. Meu objetivo com este post é tirar algumas dúvidas frequentes e também ressaltar a importância da prevenção. Conhecer seu corpo e perceber possíveis mudanças é de extrema importância para evitarmos algo bem maior. O Câncer de mama é um dos tipos mais frequentes no mundo. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA) as taxas de mortalidade ainda é alta, isso porque, provavelmente a doença é diagnosticada de forma tardia.

Fiquem à vontade em compartilhar suas dúvidas ou complementar com maiores informações ou experiências. Espero que tenham gostado.
Beijos!

Deixe seu comentário