Gordura visceral – o que é, riscos e como perder essa gordura

Fez o teste e descobriu que está com gordura visceral bem alta? Então, vamos falar um pouquinho sobre o que é gordura visceral, como perder e quais os riscos desse tipo de gordura.

O que é gordura visceral e como ela se forma?

Como todo tipo de gordura, a visceral também se forma devido ao estilo de vida sedentário e alimentação altamente calórica. Ela fica sob o músculo e ao redor dos órgãos, por isso ela é mais perigosa do que os outros tipos. Ela envolve o estômago, fígado e intestino.

Quais os riscos da gordura visceral?

Assim como a gordura abdominal, a visceral também aumenta os riscos de doenças cardíacas, diabetes, hipertensão, acidente vascular cerebral, apneia do sono e até alguns tipos de câncer. Porém os riscos são maiores do que com a gordura subcutânea.

Se você tem uma dieta rica em carboidratos, isso leva resistência a insulina e estudos dizem que essa é uma das causas que acumulam gordura visceral.

Dicas para eliminar a gordura visceral?

É bem mais difícil perder esse tipo de gordura do que a abdominal por ser bem mais profunda. Para perdê-la você precisa de uma dieta com baixa ingestão de calorias, além de exercícios aeróbicos.

Como diminuir gordura visceral com a alimentação:


A primeira coisa a se fazer é mudar os hábitos alimentares, cortando as gorduras trans e diminuindo o consumo de gorduras saturadas. Aumente também a quantidade de gorduras boas para o coração, como as que estão presente no azeite de oliva, castanhas, nozes e abacate.

O consumo de carboidratos deve diminuir, por isso coma menos farinhas brancas como pão, arroz, macarrão e doces e bebidas adoçadas. Fibras devem ser consumidas diariamente, por isso coma frutas e grãos ricos em fibras como maçã, amora, pera, feijão, espinafre, repolho, quinua…

Por último, controle a ingestão de calorias. Homens devem comer entre 2000 e 2500 calorias por dia, e mulheres de 1600 a 2000 calorias diárias.

Gordura visceral x atividade física:

Atividades aeróbicas são extremamente essenciais para a perda da gordura. O ideal é que você faça pelo menos 150 minutos de exercícios por semana, como: caminhadas, corridas, bicicleta, natação… Treinos de força também ajudam, por isso faça exercícios como abdominais e pranchas, mas exercícios de força geral, como musculação, também ajudam.

Caso você não goste de academia, faça caminhadas, danças, ciclismo, patinação ou o que você preferir, mas não esqueça de fazer exercícios, pois são muito importantes!

Além disso tudo, é importante que você não fume, não beba e durma bem. Ou seja, tenha qualidade de vida para conseguir diminuir ou perder a gordura visceral!

Deixe seu comentário